//

Cabeçalho

31 de out de 2015

Petrus Logus: O Guardião do Tempo

| |
Há exatamente um ano, eu me programei para escrever esta postagem... Enfim.
Olá amigos!!! Aqui é a Rayssa, ok?

Hoje vim falar de um livro incrível escrito por um autor (br) incrível: Augusto Cury. E o livro se chama: Petrus Logus: O Guardião do Templo (presta atenção no título), um livro de aventura destinado principalmente aos jovens. Éééé, pode acreditar, Augusto Cury escreveu um livro especialmente para nós! Enfim, vamos ao post...


Essa é a capa *___*

Pra começar, eu amoo esse livro. Por quê? Porque é incrível . Tá, primeiro veja a sinopse:
Com o colapso dos recursos naturais, a humanidade foi obrigada a lutar por sua sobrevivência, e após a Terceira Guerra Mundial e uma reestruturação social, o Reino de Cosmus surgiu em todo o seu esplendor. Com a certeza de que o progresso e o mau uso da tecnologia causaram a destruição do mundo, os governantes de Cosmus proibiram a propagação do conhecimento, abolindo os livros e as escolas.

No centro da trama está Petrus, filho do rei Apolo, soberano de Cosmus, um jovem apaixonado pelo conhecimento e sem talento para lutas e embates físicos. Educado pelo sábio Malthus para ser um líder justo e generoso, o príncipe começa a questionar o governo do pai, expondo as injustiças sociais e contestando as posições ditatoriais. Seu senso de justiça o leva a conviver com camponeses, algo proibido para um nobre, e no meio daqueles conhece o verdadeiro amor: a jovem Nátila.

Sua atitude contestadora o coloca em situações de risco, já que os conselheiros do rei o vêem como uma ameaça à hegemonia do reino e um rebelde que pode fazer o povo se levantar contra os nobres. E, por questionar uma das decisões tomadas por Apolo, Petrus sofre a maior condenação de Cosmus: é obrigado a vestir a temida Máscara da Humilhação.

A máscara deixa fortes cicatrizes físicas e emocionais no jovem príncipe, mas não o enfraquece. Ao contrário. Para continuar sua luta contra as injustiças, Petrus vai precisar domar uma fera, que mal sabe ele, poderá tanto destruí-lo quanto salvá-lo. (Retirado do site da Saraiva)

Se você ficou com preguiça de ler a sinopse ou não entendeu nada, vou tentar dar uma breve explicaçãozinha:
Após a Terceira Guerra Mundial estourar, a Terra está um colapso e agora é quase que totalmente governada por apenas um reino, o mais forte: Cosmus, comandado pelo Rei Apolo, que "perdeu" sua esposa e tem filhos gêmeos: Lexus, o forte, ambicioso e bruto e Petrus, inteligente, instigante, justo e sábio.
Bem, por toda a inteligência e sabedoria que Petrus tem (devido a Malthus, seu mestre que o ajudou a não se corromper) e também à sua impulsividade, ao ver as injustiças cometidas por seu pai e seus conselheiros, não se aguenta e começa a protestar. Isso traz muitos castigos e tal... até ele ser visto como o pior inimigo do rei e o pior criminoso do reino... É, demora um pouco pra isso acontecer, mas, acontece.
Ok. No meio de tudo isto, temos risadas, alianças, romance, mas o ápice é a parte do Leão. Eu fiquei esperando ansiosamente na parte que ia falar do leão, na verdade, antes de ler o livro, o que mais me chamou a atenção foi esse leão branco na capa. E, eu estava certa em esperar tanto por essa parte, porque quando chegou foi incrível.
O nome do Leão é instictus e ele simboliza a fera que existe dentro de cada nós e que deve ser controlada (tinha que ter algo desse tipo no livro, afinal de contas, Cury é psicólogo), nesse caso, o leão do livro é a fera que existe dentro de Petrus e o que eu acho mais legal é que quando ele aprende a controlar o leão, eles trabalham em equipe pra lutar contra... Não vou falar, porque é Spoiler demais. Peraí... Não, não coloquei spoiler, a não ser que você não tenha imaginado a parte do leão, o que seria extraordinário, porque todo mundo que eu conheço que comprou e leu esse livro já imaginava como seria a parte do leão e esperava ansiosamente por isso. Agora, se você não imaginou, desculpa. Foi mal.

Já chega, eu não vou falar mais nada sobre o livro, senão, aí sim, meus amigos, eu vou dar spoilers e ninguém gosta disso. Então, foi um prazer estar aqui. Muito obrigado por ler, compartilhe com seus amigos, comente (eu retirei o problema dos comentários), e continue visitando, volte sempre. É isso aí, espero que tenham gostado.
Até a próxima.
Tchau!